Curriculum Vitae - Jose Hugo Napias Dana

Data de Nascimento: 09/05/1944

Naturalidade: Naturalizado Brasileiro, nascimento Montevidéu, Uruguai

   I.                 Experiência Profissional

Adquirida em empresas de grande e médio porte, nas áreas abaixo descriminadas:

Acompanhamento na produção de equipamentos de fornos industriais, setores de traçado e corte caldeiraria leve e pesada, alvenaria refrataria, montagem mecânica e elétrica e pintura;

Gerenciamento de manutenção geral predial, mecânico, elétrico;

Acompanhamento e execução de projetos de implantação de unidades para tratamentos térmicos, tratamentos superficiais de metais, brasagem, revestimento pelo processo P.V.D.(Phisical Vapour Deposition) e laboratórios químicos e metalográficos;

Desenvolvimento de projetos de implantação mecânica; equipamentos rotativos, compressores, geradores de gás, bombas centrifugas, bombas de vácuo, vasos de pressão, tanques, filtros prensa, filtro de manga, misturadores, lavadores de gases e outros;

Desenvolvimento de projeto de tubulações para utilidades hidráulicas; sistemas de resfriamento de água industrial, proteção por hidrantes, de alimentação óleo combustível, querosene, etanol, metanol, gases de amônia, nitrogênio, propano, endotérmico e exotérmico;

Desenvolvimento de projetos elétricos cabines primária, distribuição em média e baixa tensão industrial e predial, subestações de transformação, interligação com painéis de comando e equipamentos, incluindo os projetos de conservação de energia e execução dos contratos de fornecimento de energia de média tensão;

Na indústria do petróleo houve experiência na montagem e operação de plantas de refinação em unidades de destilação primaria, destilação à vácuo e cracking catalítico

Sólidos conhecimentos em sistemas mecânicos de processos industriais.

Gerenciamento, e planejamento de projetos de implantação para infra-estrutura industrial

v  BRASIL

Ø  Período fevereiro de 2009 até a presente data

Contratado pela empresa Encoa para prestar serviços, desempenhando a função de Coordenador de Campo na Unidade da Quattor em implantação na Refinaria Henrique Lage, REVAP, da Petrobrás em São Jose dos Campos.

Trabalhando no projeto de construção, comissionamento e assistência à partida da Unidade de Tratamento de gás de refinaria.

Ø  Período outubro 2007 a agosto 2008

Contratado pela empresa Encoa para prestar serviços de supervisão de montagem mecânica no projeto de ampliação das Unidades de Operação PVC III, Policloreto de Vinilo, e da Unidade de Membrana Eletrolítica, UEM, da Solvey Indupa, Município de Santo André.

No período desenvolvi atividades junto a Technip, executora do projeto, atuando no gerenciamento da construção como fiscalizador da montagem mecânica de ambas Unidades.

Ø  Período 1994 a 2004

Atuei na área comercial participando em sociedades de micro empresa trabalhando com tingimento de papel de seda e outros destinados ao varejo. Fiz logística de venda e distribuição de papéis especiais para indústrias gráficas.

§   Empresa: Brasimet Comércio e Indústria S.A..

Empresa líder em tecnologia no mercado na fabricação de fornos industriais, prestação de serviços de tratamentos térmicos e superficiais em metais, fabricação de sais para tratamentos térmicos de metais.

Ø  Período: 05/1981 a 09/1993

Função: Gerente de manutenção geral e planejamento industrial, sendo responsável pelas atividades desenvolvidas pela equipe de assistentes técnicos de planejamento, mecânica industrial e montagem de instalações.

Execução dos estudos técnicos, econômicos e de viabilidade financeira para implantação no Brasil de unidades industriais, Para Portugal elaborei estudo preliminar de implantação de indústria.

Gerenciei o planejamento para implantação, execução e montagem das novas unidades industriais, envolvendo as seguintes etapas: aprovação de alvarás, licenças de instalação, licenças de funcionamento perante as instâncias de governo estadual e municipal.

Atuei no gerenciamento dos projetos básicos e executivos para implantação das novas unidades de tratamentos térmicos nas filiais abaixo descritas:

Campinas, São Paulo, planta de 1900,00 m2 de área construída, capacidade instalada de 3.000 kVA. Situada na Rua Pedro Gianfrancisco, 200, Parque Via Norte. Planta para tratamentos térmicos, incluindo deposito de sais usados para destinação final e estação de tratamento de efluentes líquidos industriais.

Contagem, Minas Gerais, planta de 3500,00 m2 de área construída, capacidade instalada de 4.000 kVA. Situada na Avenida Sócrates M. Bittencourt, 1300. Planta para tratamentos térmicos e estação de efluentes líquidos industriais.

São Leopoldo, Rio Grande do Sul, planta de 1600,00 m2 de área construída, capacidade instalada de 2.700 kVA. Situada na Estrada de Socorro, 340. Planta para tratamentos térmicos.

Diadema, São Paulo, ampliação da planta de tratamentos térmicos, capacidade instalada de 3.000 kVA. Planta para tratamentos térmicos e brasagem.

São Paulo, situada na Avenida Nações Unidas, 21.476, Jurubatuba. Na fabrica matriz de Santo Amaro gerencie as ampliações da caldeiraria pesada na divisão de equipamentos e ampliação da divisão do tratamento térmico, incluindo revestimento pelo processo P.V.D., brasagem, tratamento de superfícies em metais e estação de efluentes líquidos industriais. Área construída de 5.500,00 m2  e capacidade instalada de 4.500 kVA

Ø  Período: 05/1975 até 05/1981

Função: Chefe de Manutenção Geral, podendo ser citado a implantação do planejamento e controle de manutenção preventiva e sistema de planejamento de inspeção sistemática.

Ø  Período: 12/1973 até 05/1975

Função: Técnico Industrial / Divisão de Equipamentos, produção de fornos executando assistência técnica para a gerência da divisão, acompanhamento da produção e coordenação de  projetos de engenharia industrial com a fabrica.

v  URUGUAI

§  Empresa: Administración Nacional de combustibles alcohol y portland - Departamento de Combustibles, Divisão operações (Refinação de petróleo), Cidade De Montevidéu

Ø  Período: 07/1967 a 12/1973

Função: operador de refinaria, ajudante técnico do responsável da operação, executando controle da unidade, visando manter a especificação dos produtos elaborados e operação geral, trabalhando no centro de controle da operação da produção e comandando os operadores de campo

Ø  Período: 10/1962 a 06/1967

Função: operador de refinaria de campo executando controle das operação das bombas centrifugas, planilhas de dados de instrumentação, todas as manobras de campo entre outros.

II.            Formação

v Uruguai

Técnico Industrial Mecánica, Formado pela Universidad del Trabajo del Uruguay

Técnico: Pratico para operação de refinaria de petróleo (ANCAP), Montevidéu

v  Brasil

Planejamento e desenvolvimento de instalações fabris; Recuperação de edifícios; Introdução a eletrotermia; Administração de energia elétrica; Administração e controle estatístico de qualidade; Manutenção mecânica industrial; Manutenção elétrica;  Planejamento programação e controle de manutenção (Sistema P.I.S.); Treinamento em prevenção de acidentes para os componentes CIPA; Manutenção preventiva.

Problemática da prevenção da poluição do ar; Tratamento de efluentes líquidos industriais, projeto e operação; Planejamento estratégico para aumentar a lucratividade; Tratamento de efluentes na indústria de tratamentos de superfície

IDIOMAS: Português fluente, Espanhol fluente, Inglês leitura

Disponibilidade para viajar a serviço para outras cidades ou estados da federação.